Conforme informado este é o manual para ensinar como solicitar a retirada de nome de listas internas, leia com atenção todos os textos e recomendações, siga corretamente com atenção.

Olá amigo(a), recentemente tentei financiar um carro e descobri que mesmo com meu nome limpo e alto score o financiamento não era aprovado devido cadastros internos em bancos e financeiras onde tentei fazer o financiamento.

Como você tive problemas com meu nome, onde pesquisando com advogados, fazendo  alguns testes e pesquisas, descobri uma forma de como retirar o nome da lista de restrição interna de bancos e financeiras e vou te explicar passo a passo o que fazer.

As informações que irei passar são para que você entre em contato com o banco central e solicite a exclusão de  seu nome das listas internas.

*Quase ninguém tem conhecimento deste recurso, por este motivo os bancos se aproveitam da situação.

Inclusão de nomes em listas internas é crime e os bancos sabem disso.

Em testes com meu nome, nome da minha esposa e alguns amigos, o resultado foi rápido, entraram em contato em alguns casos até no mesmo dia para resolver a situação pois não querem ter problemas com o banco central.

Bancos de dados de clientes compartilhados

É muito comum um nome estar na lista restritiva de um banco, loja, financeira,  cartão etc…,  mesmo que a pessoa nunca tivesse tido contato com tal instituição.

Os bancos são comprados e unificados a todo instante, cartões de lojas são gerenciados muitas vezes por bancos etc….

Por este motivo, se  você descobriu que seu nome está na lista interna de uma instituição pode ser que esteja em outras também, só terá como saber pesquisando sobre a ligação da instituição que você deveu um dia se tem ligação com outras.

 *No meu caso, eu precisava financiar um carro então fiz a reclamação (1 por 1) de todas as instituições onde eu já havia financiado carros e tido conta, cartões etc…  (Itaú, Bradesco, Santander e BV financeira ).

Infelizmente  nós como consumidores não temos acesso a informação de todos os lugares onde nosso nome está, então somos obrigados a fazer isso.

Eu estava tentando financiar pela BV  e como tinha feito um acordo por atraso a alguns anos atrás, meu nome estava nesta lista restritiva e impedia, não era aprovado, também tentei financiar o carro pelo banco Itaú  e também constava restrição por atrasar mais de 30 dias a última parcela de um carro, a gerente me informou e me mostrou na tela e disse que não conseguiria fazer nada.

Bom, após eu  fazer a reclamação ao banco central. Todos os bancos me ligaram rapidamente e resolveram. O Bradesco me informou que eu tinha uma divida antiga de 240,00 na C&A, ( esta dívida não aparecia em SERASA, SPC e eu nunca tinha recebido cobrança. ), queriam R$5.900,00 , bati o pé e disse que iria pagar apenas o que eu devia (R$240,00) após negociar pelo telefone, aceitaram.  Paguei e verifiquei logo em seguida que a restrição sumiu, tentei fazer um cartão na ‘Lojas Renner’ para testar e deu certo. Esperei um tempo e consegui financiar o carro  pela BV . Também consegui fazer o cartão Nubank.  No Itaú o limite do cheque especial aumentou automaticamente, junto com o limite do cartão e ativaram o valor para compra de carro, valor muito superior ao que eu estava tentando mas eu já tinha comprado pela BV.  isso tudo em mais ou menos 1 mês.  Para mim foi a salvação ter descoberto esta informação sobre o Banco Central, eu tinha nome na lista de restrição no Itaú, BV financeira e Bradesco.


Para que funcione, você não deve ter dívidas no Serasa ou SPC.

*Importante:  Como explicado anteriormente antes de você adquirir o manual, estas informações servem para você que não tem nenhuma dívida com bancos e financeiras, mas mesmo assim tem o nome em listas internas devido a atrasos em pagamentos ou acordos.

* Antes de prosseguir  tenha certeza de que você NÃO possui dívidas, entre em: //www.serasaconsumidor.com.br  e faça uma consulta gratuita com seu CPF.

para uma consulta mais completa recomendo os serviços de consulta do site //www.megaconsultas.com.br/consultas.php

* Caso você descubra alguma dívida, primeiro pague ou negocie para depois prosseguir.

* Caso não tenha dívidas podemos seguir com os passos seguintes, que no meu caso de minha esposa e amigos funcionou muito bem.

A partir daqui você tem 2 opções; se descobriu que seu nome está limpo mas tem seu nome em listas internas você pode:

Opção 1 –  Entrar em contato com um advogado, para mover uma ação pedindo danos morais e solicitar a retirada de seu nome pelo Banco Central.  Em pesquisa na internet vi muitos casos onde a causa foi ganha e o valor dos danos foi de mais de 12 mil reais.

Opção 2 – Que é  a opção que ensino aqui. solicitar ao Banco Central a exclusão do seu nome da lista interna do banco, financeira ou instituição.


Vamos lá.

Para solicitar ao Banco Central que o banco, financeira ou instituição retire seu nome da lista de restrição interna,  siga os passos abaixo:

Como fazer uma reclamação no Banco Central.

  1.  Entre no site do Banco Central e faça uma reclamação, denunciando o ato abusivo da instituição, banco ou financeira onde você descobriu que está com o nome em uma lista interna.

 

Manual prático para assinantes do site

  • Na próxima tela informe seu CPF e imagem de segurança( imagem de segurança é aquela ali ao lado direito da tela )

02

  • Na próxima tela informe todos os seus dados, no campo seguimento selecione bancos, financeiras ou consorcio dependendo de onde seu nome está em restrição interna.
  • No campo mensagem digite seu texto indignado com a situação.
  • No campo * tema que irá aparecer selecione: restrições cadastrais
  • Modelo exemplo para o campo (mensagem):
    ” Bom dia, estou entrando em contato pois estou me sentindo lesado e constrangido , pago todas as minhas contas em dia, não tenho nenhuma dívida mas descobri que meu nome está na lista interna do banco ( … Informe aqui o nome do banco, consorcio ou financeira … ) por favor preciso de uma solução para este problema pois não devo nada e estou sendo prejudicado, mesmo já tendo entrado em contato pessoalmente, por telefone e sempre tendo meu problema ignorado. “
  • O campo Protocolo da Instituição e data do protocolo pode deixar em branco.
  • Clique no botão registrar no fim da página para enviar a reclamação.

03

  • Na próxima tela irá aparecer que sua mensagem foi enviada, com confirmação de recebimento de mensagem e código da reclamação. Pegue este código e data informada e guarde para o próximo passo .

04

  • Verifique seu email pois o banco central terá acabado de enviar uma mensagem informando que a instituição deverá, no prazo de 10 dias úteis, responder diretamente a você, sobre o assunto, com cópia para o banco central.

05

06

Obs. Como é uma prática ilegal a inserção de nomes em listas de restrição internas, os (bancos, financeiras e instituições) ficam desesperados para resolver a situação, liberar o nome e evitar problemas, então entram em contato rapidamente.

*Guarde o email pois lá estão todos os dado da sua reclamação.


Agora para complementar  vamos fazer a reclamação/denuncia para um site de consumidor do governo.

Como fazer uma reclamação no site do consumidor

  • Entre em //www.consumidor.gov.br  clique em ( Cadastre-se ) * para fazer a reclamação você deve ter um cadastro.

001

  • Após preencher todos os dados clique no botão azul avançar.

002

  • Nesta tela  clique no botão azul  (Nova reclamação ).

0008

  • Na tela de reclamação, pesquise o banco, instituição ou financeira,  preencha os campos do formulário.

0009

  • No campo: (Informe como foi o seu contato com a empresa Indique número de protocolos, caso possua). Informe que já tentou resolver mas não foi atendido.
  • No campo: (Problema informe). Negativação indevida referente a pagamento já efetuado.
  • No campo: (Procurou a empresa para solucionar o problema?). Marque, sim.
  • No campo: (Descreva seu Pedido à Empresa). Você pode digitar o mesmo texto da reclamação que fez no Banco Central,  mas desta vez você irá informar também que já foi feita a reclamação no Banco Central e informe o código da reclamação do Banco Central.
    Modelo exemplo para a reclamação:
    “Bom dia, estou entrando em contato pois estou me sentindo lesado e constrangido pois pago todas as minhas contas em dia, não tenho nenhuma dívida mas descobri que meu nome está na lista interna do banco ( … Informe aqui o nome do seu banco, consorcio, instituição ou financeira … ) por favor preciso de uma solução para este problema pois não devo nada e estou sendo prejudicado mesmo já tendo entrado em contato pessoalmente, e por telefone e sempre sendo tendo meu problema ignorado.”
    Informo também que já fiz uma reclamação no Banco Central com o código: (… aqui informe o código da reclamação que fez no Banco Central …)
  • No campo: (Pedido a empresa informe):  “Quero que meu nome seja retirada da lista de restrição interna ilegal, imediatamente”.
  • Clique no botão azul ( Avançar )
  • Na próxima tela verifique e confirme os dados. Clique no botão confirmar.10
  • Na próxima tela irá aparecer o código de sua reclamação.

11

  • Se você clicar no número da reclamação poderá ver a reclamação e em breve as respostas. (Obs. aqui no site do consumidor, pode acontecer de a empresa manter contato apenas por respostas e não entrar em contato pelo telefone, sempre que houver movimentação de respostas, o site te envia um email informando.)

12

Obs. O site consumidor.gov.br informa que o prazo dado para a resposta  é de até 10 dias.


Aguarde as respostas, em poucos dias entrarão em contato. Atenda todos os telefonemas e fique atento aos emails.

Após estas 2 reclamações aguarde, os bancos geralmente irão entrar em contato por telefone, email ou carta, informando que não foram localizadas qualquer restrição em seu nome.

* Como dito anteriormente Restrição Interna é ilegal, por este motivo nenhum banco ou instituição confirma ou assume. Eles irão retirar e informar que não localizaram restrições.

Reclamações como estas para o Banco Central devem causar problemas para os bancos, pois realmente funcionam e muito rápido. O (banco, financeira ou instituição) tem que prestar conta de todo o contato que fez com você para o Banco Central e site do consumidor.  Em alguns casos, no site do consumidor o banco pede para você informar que o problema foi  solucionado.  *Apenas informe que foi solucionado se realmente você tiver certeza que foi.

Guarde todos os códigos de reclamações, emails e senha de acesso ao sistema para que você possa verificar qualquer nova movimentação ou resposta.

No site //www.consumidor.gov.br geralmente existe respostas para a sua reclamação e podem aguardar algum contato seu, por este motivo fique atendo, dentro do prazo de 10 dias podem manter contato.

Após 15 dias tente verificar se ainda existe alguma restrição interna em seu nome, onde tentou crédito e não conseguiu ou tente fazer algum cartão de loja, Renner,  C&A, Marisa, Casas Bahia etc… Se não conseguir pergunte o real o motivo, você vai ver que não será mais restrição interna. (Obs. Para que dê certo, você deve  ter feito a reclamação de todas as empresas onde você acredita que tenham restrições internas em seu nome).

* Lembrando novamente que bancos de dados de clientes são compartilhados entre instituições.

( É muito comum um nome estar na lista restritiva de um banco, loja, financeira,  cartão etc…,  mesmo que a pessoa nunca tivesse tido contato com tal instituição.

Os bancos são comprados e unificados a todo instante, cartões de lojas são gerenciados muitas vezes por bancos etc….

Por este motivo, se  você descobriu que seu nome está na lista interna de uma instituição pode ser que esteja em outras também, só terá como saber pesquisando sobre a ligação da instituição que você deveu um dia se tem ligação com outras. )

 (Leia a parte bônus sobre Score logo abaixo).

Como você pode ver o problema é resolvido com facilidade, antigamente  só era possível fazer estas denúncias ao Banco Central por carta mas recentemente informatizaram e simplificaram.


Informação Bônus 

Caso você ainda não consiga crédito no mercado,  existem algumas variáveis que podem impedir.  Mesmo você tendo o nome limpo, não tendo dívidas e não tendo mais seu nome em listas de restrição interna.

Você pode ter seu nome totalmente limpo e uma boa comprovação de renda mas ainda não conseguir crédito devido a outro sistema, a  pontuação Score.

Score é um sistema utilizado para pontuar consumidores, esta pontuação varia conforme você paga as contas em dia, atrasa pagamentos ou utiliza o sistema de crédito.

Se quiser saber qual é seu Score atual recomendo um site que utilizo, é bom, rápido e barato, o //www.megaconsultas.com.br/consultas.php

*Se seu Score estiver baixo, você terá que esperar um tempo até ele aumentar(o tempo  é varivável), mas pode fazer algo para ajuda-lo a aumentar mais rápido.

Geralmente se você utiliza o sistema de crédito e paga as contas em dia seu Score aumenta.
– Se você tem cartão de crédito e não utiliza, comece a utilizar para manter alguma conta e pague em dia.

Tenha contas em seu nome e pague em dia como (Contas de água,luz, net etc…)

No meu caso, usei bastante o cheque especial  e cartão de crédito e o Score aumentou rápido, com ele todos os limites bancários subiram automaticamente.

Muitas pessoas não conseguem crédito com o nome limpo, sem dívidas ou nome em lista de restrição interna, porque possuem o Score baixo, por isso é importante pagar as contas em dia para manter um bom Score.

Logo depois que você limpa o seu nome, seu score de crédito é baixo. Se você começar a tentar obter crédito no mercado não vai conseguir porque ele está baixo e irá acumular pesquisas de crédito em seu CPF fazendo com que baixe mais ainda.

O Score cai  a cada pesquisa em seu CPF, quanto mais consultas são feitas em seu nome, demonstra que você precisa muito de crédito.

Uma maneira de “excluir” essas consultas dos bancos e cartões, é limpando o seu histórico de consultas no SPC e SERASA.

Você deve ir pessoalmente aos pontos de atendimento tanto do SPC – //www.spcbrasil.org.br como do SERASA – //www.serasaexperian.com.br e solicitar a limpeza do seu histórico de consultas e atualizar seus dados cadastrais.

A Serasa disponibiliza um telefone que é o (11) 3373-7272 e você pode solicitar por ele a limpeza do seu histórico.


 

Fechar Menu
error: Conteúdo protegido !!
Manual prático para assinantes do site

Promoção

R$79,90

Calma, para te ajudar sair da restrição interna, liberei este cupom de desconto especial válido para hoje.  de R$99,90 por R$79,90 apenas.

use o código de desconto: SOUVIP